Voltar 

 

Selantes de Fissuras               

Os selantes são materiais plásticos transparentes, brancos ou matizados e que são utilizados para "cobrir" as superfícies rugosas dos dentes posteriores (pré-molares e molares), os quais usamos para mastigar os alimentos, promovendo a sua protecção; o selante age como uma barreira, uma película protectora que, facilitando a limpeza dos restos alimentares e o controle da placa bacteriana, reduz o risco de tais superfícies se cariarem. Essa película protectora de selante não é espessa, pois assim poderia interferir na oclusão (no fecho da boca); apenas vai cobrir as superfícies rugosas dos dentes posteriores.

Porquê a necessidade dos selantes: os dentes posteriores, que usamos para triturar os alimentos, contêm fissuras e fóssas: pequenas ranhuras e afundamentos onde os restos alimentares e a placa bacteriana podem ficar retidos e assim se acumulam, onde as cerdas das escovas não conseguem limpar; A cerda de uma escova de dentes é muito larga para poder alcançar o fundo desses sulcos e fissuras; formando uma película protectora, os selantes protegem o dente dos restos alimentares e da placa bacteriana, diminuindo, assim, o risco de cárie.

As crianças são a principal indicação para a aplicação dos selantes e também as mais beneficiadas; os selantes são aplicados nos seus dentes, especialmente naqueles recém-erupcionados. Os selantes são recomendados para todas as crianças, mesmo aquelas que recebem aplicações tópicas de flúor ou que vivem em comunidades com água fluoretada; o flúor ajuda no combate à cárie, mas é menos eficaz nas superfícies rugosas dos dentes.

Todavia, naquelas pessoas de baixo risco de cárie, com dentes que tenham sulcos e fóssulas rasas, e que permite uma fácil limpeza, o selante não deve ser aplicado; para ser feita a aplicação do selante, é necessário que a superfície do dente esteja limpa e seca e, por conseguinte, o paciente tem de ser colaborante.
O selante apenas deve ser aplicado quando no fundo dos sulcos não existem cáries.

É extremamente rápido e com duração de poucos minutos um dente ser selado: primeiro, o dente que vai ser selado é limpo, e depois a sua superfície rugosa é preparada e o selante é então aplicado, ficando aderido à superfície rugosa do dente.

O selante também pode ser aplicado em adolescentes e adultos, desde que o paciente apresente risco de cárie, ou seja, presença de placa cariogénica, consuma doces fora dos horários das refeições principais, e esteja a ser medicado com drogas que diminuam o fluxo salivar, ou ainda apresente mancha pré-cariosa nos sulcos e nas fissuras.

Quando o selante é aplicado, infiltra-se e penetra nas fossas e fissuras do esmalte do dente; durante o processo da mastigação, vai ocorrer uma corrosão natural dessa película protectora e, por isso, para manter o efeito protector, há necessidade de uma verificação periódica nas visitas de controle; assim, por vezes, a reaplicação é necessária

  Voltar