Voltar 

 
 

4720 razões para deixar de fumar


Sabia que o fumador inala 4.720 substâncias
tóxicas num cigarro? Dessas substâncias, 80 são cancerígenas.
A tragédia do vício de fumar provoca a morte de 3.500.000 pessoas
por ano no mundo.

Em baixo, mostramos algumas das substâncias encontradas nos 
cigarros e os malefícios que elas causam no organismo:

Alcatrão: é altamente cancerígeno, dando início
à formação de tumores.
Nicotina: causa dependência química e diminui
a chegada do sangue nos tecidos e no sistema
nervoso central.
Monóxido de carbono: diminui a quantidade do
oxigénio no sangue.

Os dados sobre os efeitos
devastadores do fumo sobre o organismo
são alarmantes:

O fumo é responsável por 30% das mortes por cancro; 90% das
mortes por cancro no pulmão;
97% do cancro da laringe; 25% das mortes por doença do coração;
85% das mortes por bronquite e enfisema; 
25%das mortes por derrame cerebral e por 50% dos casos 
de cancro de pele.

Alguns efeitos do uso continuado do cigarro são o  grande risco de 
impotência no homem e de risco
de aborto ou parto prematuro na mulher.

Um aviso principalmente aos pais:
90% das pessoas começam a fumar entre os 15 e 19 anos. 
Por isso, é preciso transmiitir e salientar aos jovens, que bastam sete 
segundos para a nicotina atingir o cérebro,
estimulando os neurônios.

O Senhor(a) pode parar 

Uma luta diária:

A luta contra o tabaco atinge todo o País.
Se Portugal conseguir alertar a sua juventude,
milhares de contos deixarão de ser consumidos
anualmente no tratamento de doenças provocadas
pelo fumo do cigarro. O pior de tudo é que o jovem dum modo
geral começa a fumar por um acto de rebeldia
ou afirmação. Hoje, com o desenvolvimento
de práticas desportivas, seria mais saudável
que a juventude procurasse sua afirmação através
do desporto ou de manifestação artísticas, que
fazem bem ao organismo, à mente e ao espírito.
 

 
 


  Voltar