Voltar 

     7º - mês

 

O bebé mede 40,5 cm e pesa 1,6 kg. Já está completamente formado e a sua cabeça está mais proporcional ao corpo. Nesta fase, começará a engordar um pouco mais. Já distingue a luz da escuridão. É provável que já esteja de cabeça para baixo.

 

O organismo retém mais líquido, a circulação não fluí como dantes; resultado: pernas, tornozelos e pés inchados.

O útero bastante aumentado de volume pressiona o diafragma, causando falta de ar; a azia volta, e então podem sentir-se cãibras, principalmente à noite.
Os desconfortos são muitos, mas a barriga enorme anuncia que o bebé está já a chegar.

É o momento ideal também para completar, o enxoval do bebé.
Há que redobrar a atenção na condução: os reflexos estão mais lentos; evitar viajar de avião, a não ser que haja necessidade imperial.
Neste mês, será efectuada a última ecografia que, além de avaliar as condições da placenta, vai confirmar a posição do bebé para o parto.

Orientações:

- Contra os inchaços, diminuir a quantidade de sal na comida, e todas as noites, antes de dormir, mergulhar os pés numa bacia de água quente com sal. O alívio é imediato.
- Se existir tensão arterial elevada e houver a formação de edemas (inchaços), procurar imediatamente o médico.
- Para diminuir a sensação de peso causada pelas varizes, deitar sempre com as pernas mais elevadas que a cabeça.
- Incluir pacotes de fraldas descartáveis na lista da malinha do bebé; elas serão muito úteis, principalmente nos primeiros meses.

 

  Voltar