Voltar 

                                           

  Posicionamento na Amamentação


  Para o êxito da amamentação é imprescindível uma posição correcta que será alcançada através da técnica de amamentação, que consiste nos seguintes passos: 

Colocar o seio na boca do bebé 

 amamentar--1.bmp (11542 bytes)     

  • Toque o mamilo no lábio inferior do bebé. O bebé abre a boca
  • Coloque não apenas o mamilo, mas o máximo possível da auréola na boca do bebé
  • Rápida mas firmemente empurre a cabeça do bebé para a mama.

Posições para amamentar 

Há várias posições para amamentar, o mais importante é que esta seja a mais confortável para a mãe mas mantendo uma boa técnica. A mãe deve variar regularmente de posições para que o bebé comprima o queixo e a língua em   distintos locais da auréola e mamilo. 
  POSIÇÃO SENTADA (forma tradicional)    amamentar--2.bmp (44982 bytes)

Na posição sentada, o bebé está de frente para a mãe, de tal forma que seu abdómen está colocado junto ao da mãe (barriga com barriga). Quanto mais colado estiverem os corpos, mais fácil para o bebé mamar. 
  POSIÇÃO SENTADA INVERSA (bola de futebol americano)    amamentar--3.bmp (44406 bytes)

A posição sentada inversa consegue-se colocando o corpo do bebé por baixo da axila materna com o ventre apoiado sobre as costelas da mãe (barriga-costela). O corpo do bebé está apoiado pelo braço materno e a cabeça suspensa pela mão. Nesta posição consegue-se que o bebé utilize uma boa porção da auréola com a boca. 
 
  POSIÇÃO DEITADA    amamentar--4.bmp (69426 bytes) 

Na posição deitada, a mãe e o bebé estão frente a frente (barriga com barriga). A mãe dá o peito do lado que está deitada. Esta posição e a sentada inversa são mais apropriadas quando a mãe foi submetida a uma cesariana. 
  POSIÇÃO ESPECIAL - Gémeos    amamentar--5.bmp (225474 bytes)   A maioria das mulheres têm leite suficiente para alimentar gémeos. As dificuldades surgem porque é difícil cuidar de duas crianças simultaneamente. Um modo de amamentar gémeos ao mesmo tempo é colocar as crianças com o corpo e pernas por baixo dos braços da mãe. 

Observações: 

É importante salientar que independentemente da posição escolhida para amamentar, uma boa posição do bebé significa que: 

  • todo corpo do bebé está de encontro ao da mãe
  • a boca e a mandíbula estão perto do peito da mãe
  • a boca do bebé está bem aberta
  • não se consegue ver quase nada da auréola
  • o bebé dá chupadas grandes e espaçadas
  • o bebé está relaxado e tranquilo
  • o bebé mama sem fazer barulho
  • a mãe não sente dor nos mamilos (só umas dores pequenas no início)

A mãe pode observar se a posição está correcta: 

  • Posição da mãe
    • relaxada, confortável, bem apoiada
    • não curvada para trás, nem para frente (os ombros do bebé apoiam-se na curvatura do braço da mãe).

     

  • Posição do bebé
    • todo corpo do bebé voltado para mãe (não só a cabeça)
    • quadril do bebé seguro com firmeza
    • braço inferior do bebé à volta da cintura da mãe
    • pescoço do bebé levemente estendido
    • bebé na mesma altura da mama

     

  • Posição da boca do bebé
    • centrada em frente do mamilo (levar o bebé ao peito, não o peito ao bebé)
  • Posição da mão na mama
    • Polegar acima da auréola e indicador abaixo da auréola, como um C.

     

  • Boca do bebé
    • bem aberta colocada na mama.
  • Queixo do bebé:
    • bem de encontro à mama.
  • Posição dos lábios do bebé:
    • cerca de 3 cm da base do mamilo (inserindo a boca no mamilo e boa parte da auréola).
  • Lábios do bebé:
    • virados para fora (não dobrados para dentro), e não apertados.

     

  • Língua do bebé sobre a gengiva inferior (  virar o lábio inferior suavemente para baixo)
  • Bebé mantém-se fixo, sem escorregar nem largar o peito
  • Frequência da sucção
    • - rápida no início
    • - depois diminui nitidamente
    • - pausas ocasionais
    • - irregular no final

     

  • Acto de mamar:
    • bochechas não se contraem a cada sucção
    • língua – não faz ruídos
    • deglutição ruidosa
    • a cabeça move-se
    • as orelhas mexem-se

     

  • Quando o bebé larga a mama: 
    • mamilo levemente alongado e arredondado (não deve estar achatado, nem com estrias vermelhas e nem com áreas esbranquiçadas). 

AMAMENTAÇÃO NA POSIÇÃO CORRECTA NÃO PROVOCA DOR 

_____________________________________________________________________

 

 

Como retirar e conservar o leite materno

 

    Aspiração manual 

    Por vezes, é necessário realizar a aspiração manual do leite: 
     

    • para dar ao bebé quando está separado da sua mãe; 
    • para aumentar a produção de leite; 
    • para prevenir ou aliviar a congestão mamária. 

    O leite vai ser suficiente para o bebé se ele é amamentado tantas vezes quantas for o peito esvaziado pelo menos em cada 3 horas. Algumas mães sentem dificuldade de retirar o seu leite, mesmo quando os seus filhos são capazes de retirar todo o leite que necessitam. 
    Não se deve avaliar a produção de leite pela quantidade que se pode extrair. 

    Recomendações 
     

    • Lave bem as mãos; 
    • Se possível, retire o leite num local silencioso e tranquilo. Imagine-se num local agradável e tenha bons pensamentos em relação a seu filho. A sua capacidade de se relaxar ajudará a obter um melhor reflexo de ejecção do leite; 
    • Aplique compressa morna nos seios por 3-5 minutos antes de iniciar a aspiração. 

    Ao retirar o leite      amamentar--7.jpg (5950 bytes)  

    • Faça uma massagem circular seguida de uma outra de trás para frente até ao mamilo. 
    • Estimule suavemente os mamilos estirando-os ou rodando-os entre os seus dedos. 
    • Extraia o leite e despreze as primeiros saídas de leite de cada lado. 
    • Aspire o leite para um recipiente limpo de plástico duro ou vidro. 
    • Coloque o polegar sobre a mama, onde termina a auréola e os outros dedos por baixo também, na borda da auréola. 
  •      amamentar--10.gif (4265 bytes)   
    • Comprima de encontro às costelas e também entre o polegar e o indicador, por detrás da auréola. 
    • Repita o movimento de forma rítmica, rodando a posição dos dedos ao redor da auréola para esvaziar todas as áreas. 
    • Alterne as mamas cada 5 minutos ou quando diminua o fluxo de leite. Lembre-se de repetir a massagem e repetir o ciclo várias vezes. 
    • A quantidade de leite que se obtém por cada extracção pode variar. Não é raro que tal aconteça. 

    Atenção: Evite fazer isso:   amamentar--12.gif (6140 bytes)  

        1. Não aperte o mamilo, pois pode lesioná-lo. 
    2. Passar as mãos em todo o seio, como na ilustração pode lesionar a pele. 
            3. Se a senhora puxar o mamilo pode lesioná-lo. 

    Depois da Extracção: 
     

    • Depois da aspiração, passe umas gotas de leite nos mamilos e deixe-os secar ao ar livre. 
    • A aparência do leite que se extrai de cada vez é variável. Ao princípio é claro e depois do reflexo de ejecção é mais branco e cremoso. Alguns medicamentos, alimentos ou vitaminas podem alterar levemente a cor do leite. As gorduras do leite boiam ao armazená-lo. 
    • Após o ter extraído, feche e marque numa etiqueta a data, hora e quantidade. 

    Nunca há que desanimar! A extracção manual requer prática. há que ser paciente!  

    Fonte: Wellstart International - Hand expression of Breastmilk (Tradução: Marcus Renato de Carvalho)  e Manual Expression of Breastmilk: Marmet Technique by Chele Marmet and The Lactation Institute  

    Como conservar o leite materno 

    Depois da aspiração, deve-se seguir cuidadosamente as recomendações para guardar, congelar e descongelar o leite. A aparência do leite pode mudar ao conservá-lo dado que os componentes com frequência se podem separar. Com uma aspiração adequada e boa conservação do leite, o lactente receberá os benefícios deste, ainda que não possa ser amamentado. 

    Recomendações 
     

    • Lavar bem as mãos antes de manipular o leite; 
    • Extraia manualmente as primeiras saídas do leite e deite-as fora  (este leite contém uma maior quantidade de bactérias); 
    • Escolha do recipiente: aspire directamente para um recipiente limpo ou estéril. 
      • Bebé normal - pequenos recipientes de vidro ou plástico duro (deve poder-se lavá-lo com uma escova ou à mão com água quente e detergente enxugando-o bem) 
      • Bebé prematuro ou doente - recipiente de plástico duro ou vidro, estéril. 
    • Imediatamente depois da ordenha, feche o recipiente e coloque-o em água com gelo por 1-2 minutos. Então está pronto para guardá-lo na zona mais fria do frigorífico ou congelador (Nunca na porta). 
    • Use sempre o leite mais antigo 

    Conservação 

    Tente guardar mais ou menos as quantidades que o bebé recebe por cada mamada. Marque cada rótulo com o nome, data, hora e quantidade. Caso vá congelá-lo, deixe espaço no recipiente para algum aumento de volume. 
     
     

    Tempo de Conservação

    MÉTODO 

    BEBÉ NORMAL 

    BEBÉ PREMATURO OU DOENTE

    Temperatura ambiente

    40 minutos

    Não se recomenda

    Frigorífico

    48 horas

    24 horas

    Congelador (refrig. 1 porta)

    Não se recomenda

    Idem

    Congelador (refrig. 2 portas)

    3 meses

    3 meses

    Congelador profundo (-20°)

    1 ano

    Idem

    Instrucções para juntar leite fresco ao leite congelado 

    Bebé normal - arrefeça bem o leite antes de o juntar ao aspirado anteriormente. Deve-se misturar com leite extraído durante um  período de 24 horas. 

    Bebé prematuro ou doente - não se recomenda misturar leites. Use um recipiente separado para cada aspiração. 
     
    Instruções para juntar leite fresco ao leite congelado 

    Bebé normal - arrefeça bem antes de juntá-lo. O leite congelado não deve se descongelado e tornar a ser congelar. 

    Bebé prematuro ou doente - não se recomenda. 
     
    Recongelar  

    Não se recomenda, uma vez que o leite tenha sido total ou parcialmente descongelado. Por esta razão é melhor esperar para  congelar o leite no seu destino final. 
     
    Reutilização da quantidade que o bebé não terminou  
    (Leite morno antes de dá-lo ao bebé) 

    Bebé normal - permite-se somente uma vez, se o leite for arrefecido entre cada alimentação. Não use o leite que ficou no copo, porque a saliva pode contaminá-lo. 

    Bebé prematuro ou doente - não se recomenda. 
     
    Para descongelar o leite  
     

    • descongele lentamente deixando-o no frigorífico na noite anterior (o calor excessivo destrói enzimas e proteínas); 
    • agite o recipiente com leite em água quente, não fervendo; 
    • descongele a quantidade total, já que as gorduras se separam ao congelar; 
    • nunca use o microondas; 
    • depois de descongelado use-o dentro de 24 horas. 

    Fonte: Wellstart International - Milk storage guidelines for hospitalized infants   

  Voltar